(11) 4935-2387

Novas Tecnologias, Plataformas Digitais e Direito do Trabalho

Lançamento

Novas Tecnologias, Plataformas Digitais e Direito do Trabalho

De: R$ 150,00Por: R$ 105,00ou X de

Economia de R$ 45,00

Comprar

Especificações

Código ISBNC9786550652975
EditoraRevista dos Tribunais
Data de disponibilidade28/04/2020
Sumáriohttps://conteudo.ifcdns.com.br/livrariart/Sumário/9786550652975.pdf
Número de páginas384
Ano de publicação2020
CoordenadoresGiuseppe Ludovico, Fernando Fita Ortega Thereza Christina Nahas
Sobre o autorThereza Nahas é juíza do trabalho - Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região titular da 2ª Vara do Trabalho de Itapecerica da Serra.

Descrição

Sobre:
A obra Cuida das relações de trabalho no marco das novas tecnologias e profissões e representa um guia de excelência para compreender as relações entre trabalhadores e empresas que atuam no ramo da tecnologia e das plataformas digitais. A referencia as decisões mais recentes dos respectivos Tribunais e das inovações legislativas proporcionar os conhecimentos necessários para a profunda base teórica à prática do Direito do Trabalho. Nesta obra, o leitor é convidado a refletir: as decisões dos Tribunais Espanhóis e Italianos podem servir de paradigma as decisões brasileiras, considerando que no Brasil a matéria não está regulada? O que mudou no tradicional base do binômio subordinação e direção da relação do trabalho? Como a tecnologia afeta a saúde trabalhador e como proteger os dados do empregador e do trabalhador no universo virtual? Como situar a liberdade e representação sindicais no contexto das novas tecnologias? Em que contexto se situa o poder empresarial no marco das novas relações de trabalho e o perfil dos trabalhadores?

Destaque:
única obra de estudo comparativo entre Brasil, Itália e Espanha em que o leitor poderá extrair suas próprias conclusões dos sistemas jurídicos dos três países. Fácil leitura e com os conteúdos atuais das mudanças legislativas nos três países ocorridas até fevereiro de 2020.

Avaliações

Clientes também compraram