0

Meu Carrinho (0 item)

Não há produtos no carrinho.

Manual de Sociologia Jurídica - 6ª Edição

Autor: 001 Ana Lucia Sabadell

Por: R$ 81,90

ou 1x de R$ 81,90

Foto

Manual de Sociologia Jurídica - 6ª Edição

Autor: 001 Ana Lucia Sabadell

Peso: 337 gr

Ano de publicação: 18/08/2014

De: R$ 91,00 Por: R$ 81,90 Economia de R$ 9,10 ou 1x de R$ 81,90 sem juros

Comprar

Calcule o frete e o prazo de entrega estimados para sua região.

Informe seu CEP:

Sinopse

Manual de Sociologia Jurídica - 6ª Edição Introdução a uma leitura externa do direito Ana Lucia Sabadell

Ficha técnica

Código de barras:
9788520346976
Dimensões:
0.00cm x 0.00cm x 0.00cm
Marca:
Revista dos Tribunais
ISBN13:
9788520346976
Peso:
337 gramas
Ano de publicação:
2014

Sumário

MANUAL DE SOCIOLOGIA JURÍDICA

 

NOTA À 6.ª EDIÇÃO

NOTA À 5.ª EDIÇÃO

NOTA À 3.ª EDIÇÃO

NOTA À 2.ª EDIÇÃO

Lição 1 – ESCOLAS JURÍDICAS

1.   Escolas moralistas do direito (direito natural ou jusnaturalismo)

1.1  Jusnaturalismo grego

1.2  Escola medieval ou teológica

1.3  Escola do direito natural racional

1.3.1  Hugo Grotius (1583-1645)

1.3.2  Gottfried Wilhelm Leibniz (1646-1716)

1.3.3  Iluminismo jurídico

1.3.4  Immanuel Kant (1724-1804)

2.   Escolas positivistas do direito

2.1  Teorias positivistas centradas na legislação

2.1.1  Thomas Hobbes (1588-1679)

2.1.2  Jean-Jacques Rousseau (1712-1778)

2.1.3  Hans Kelsen (1881-1973)

2.2  Teorias positivistas centradas na aplicação do direito

2.2.1  Jurisprudência dos interesses (Interessenjurisprudenz)

2.2.2  Realismo jurídico (Legal realism)

2.2.3  Escolas positivistas de caráter sociológico

2.2.3.1  Charles de Montesquieu (1689-1755)

2.2.3.2  Escola histórica do direito

2.2.3.3  Escola marxista

2.2.3.4  Émile Durkheim (1858-1917)

3.   Conclusão: diferença entre escolas moralistas e escolas positivistas

Para ir mais longe

Lição 2 – ABORDAGEM SOCIOLÓGICA DO SISTEMA JURÍDICO

1.   Sociologia do direito (abordagem positivista)

2.   Sociologia no direito (abordagem evolucionista)

3.   Outras concepções da sociologia jurídica

4.   Definição da sociologia jurídica

Para ir mais longe

Lição 3 – A FUNÇÃO DA SOCIOLOGIA JURÍDICA E A EFICÁCIA DO DIREITO

1.   Tridimensionalidade do direito e especificidade da abordagem sociológica

2. Efeitos sociais, eficácia e adequação interna das normas jurídicas

3.   Análise empírica da eficácia da norma jurídica

4.   Fatores de eficácia da norma no direito moderno

4.1  Fatores instrumentais

4.2  Fatores referentes à situação social

Para ir mais longe

Lição 4 – CONFLITOS, INTEGRAÇÃO E MUDANÇAS SOCIAIS. O PAPEL DAS NORMAS JURÍDICAS

1.   Teorias funcionalistas e teorias do conflito social

2.   Anomia e regras sociais

2.1  O conceito de anomia

2.2  A anomia em Guyau

2.3  A anomia em Durkheim

2.4  A anomia em Merton

2.5  Considerações críticas acerca da anomia

2.6  Atualidade da anomia

2.6.1  Anomia e ineficácia do direito

2.6.2  Anomia e poder

2.6.3  Anomia e pluralismo cultural

3.   O direito como propulsor e obstáculo da mudança social

3.1  O conceito de mudança social

3.2  Relações entre direito e sociedade

3.3  Relações entre o sistema jurídico e a mudança social

3.4  Atuação do direito como fator de mudança social

3.4.1  Intensidade da mudança e “direito alternativo”

3.4.2  Esferas de manifestação da mudança

3.4.3  Ritmo da mudança

Para ir mais longe

Lição 5 – LEGITIMIDADE E DIREITO. O DIREITO COMO FATOR DE CONSENSO SOCIAL

1.   Monopólio de violência legal

2.   Legitimidade do poder

3.  O papel do direito no processo de legitimação do poder político. Legitimidade formal e material

4.   Crise de legitimidade

5.   Pluralismo jurídico

5.1  Definição e critérios do pluralismo jurídico

5.2  Teorias do pluralismo jurídico

5.2.1  Teorias tradicionais do pluralismo jurídico

5.2.2  Teorias modernas do pluralismo jurídico

5.3  Crítica do pluralismo jurídico

Para ir mais longe

Lição 6 – PODER, ESTADO E CONTROLE SOCIAL

1.   Controle social

1.1  Conceito

1.2  Formas de controle social

1.2.1  Sanções formais e informais

1.2.2  Controle positivo e negativo

1.2.3  Controle interno e externo

1.3  Finalidades do controle social

1.3.1  Perspectiva liberal-funcionalista

1.3.2  Perspectiva da teoria conflitiva

2.   Poder e burocracia

2.1  Poder

2.2  Burocracia

2.2.1  Definição

2.2.2  Burocracia e controle social

Para ir mais longe

Lição 7 – CONTROLE SOCIAL E DIREITO

1.   Características do controle social por meio do direito

1.1  Ameaça de coerção

1.1.1  Diferenças com as sanções sociais

1.1.2  Formas e graus de coerção no sistema jurídico

1.2  Tipos de sanções jurídicas

2.   A ótica funcionalista do controle social por meio do direito

3.   Abordagem crítica do controle social por meio do direito

3.1  Funções declaradas e funções latentes

3.2 Negação da ideologia funcionalista com relação ao controle social

3.2.1  Ilegitimidade do poder punitivo

3.2.2 Inexistência da distinção entre Bem e Mal (“normalidade do crime”)

3.2.3  Inexistência da culpabilidade pessoal (pluralismo cultural)

3.2.4  Impossibilidade de ressocialização

3.2.5  Desigualdade na aplicação

Para ir mais longe

Lição 8 – PROBLEMAS E MÉTODOS DE PESQUISA NA SOCIOLOGIA JURÍDICA

1.   Introdução

2.   Características dos métodos de pesquisa na sociologia jurídica

2.1  Formulação de hipóteses de trabalho

2.2  Indução

2.3  Objetividade

3.   Principais métodos de pesquisa

3.1  Observação

3.2  Questionário

3.3  Entrevista

3.4  Trabalho com documentos

3.5  Estudos de caso

3.6  Métodos experimentais

Para ir mais longe

Lição 9 – ESTRATIFICAÇÃO SOCIAL E DIREITO

1.   Introdução

2.   Perspectivas sociológicas de análise das classes sociais

2.1  Abordagem qualitativa e quantitativa

2.2  Abordagem objetiva e subjetiva

2.3  Elementos de definição da classe social: desigualdade, mobilidade, legitimação

3.   As classes sociais na perspectiva da sociologia jurídica

3.1  Direito moderno e “neutralidade de classe”

3.2  Interesses de classe e formação do sistema jurídico

3.3  Classes sociais e aplicação do direito

Para ir mais longe

Lição 10 – SOCIOLOGIA DA APLICAÇÃO DO DIREITO

1.   Introdução

2.   Operadores do direito

2.1  Magistratura

2.1.1  Posição constitucional da magistratura

2.1.2  Perfil social da magistratura

2.1.3  Sociologia da atividade judicial

2.2  Advocacia

2.3  Polícia

3.   Acesso à Justiça

3.1  Barreiras de acesso à Justiça

3.2  Tentativas de reforma

3.3  A problemática da justiça restaurativa

3.4  Iniciativas de reforma no Brasil

4.   Opinião pública e direito

Para ir mais longe

Lição 11 – A POSIÇÃO DAS MULHERES NO DIREITO

1.   Introdução

2.   Fundamentos da teoria feminista do direito

3.   Direito masculino e patriarcalismo jurídico

3.1  Patriarcalismo Jurídico

4.   Tópicos de sociologia jurídica na perspectiva feminista

4.1  Sexo/gênero

4.2  Público/privado

4.3  Violência contra a mulher

4.3.1  Abordagem teórica

4.3.2  A leitura da violência de gênero na prática judicial brasileira

4.4  Direitos das mulheres e empréstimo jurídico

4.5  Direitos das mulheres e ações afirmativas

4.6  As mulheres como operadoras do direito

5.   Conclusão: resposta a Radbruch

Para ir mais longe

Conclusão – DEFINIÇÕES SOCIOLÓGICAS DO DIREITO

1.   Definição monista ampliada

2.   Definição pluralista

3.   Definição construtivista-comunicativa

BIBLIOGRAFIA

REVISTAS DE SOCIOLOGIA JURÍDICA

A SOCIOLOGIA JURÍDICA NA INTERNET